Viajando de Avião com Animal de Estimação

Viajando de avião com animal de estimação, muitos possuem esta dúvida. Para aqueles que não largam seus bichinhos por nada nesse mundo, esse é um artigo muito importante.

Esse artigo poderá ajudar também muitos bichinhos que acabam sendo abandonados por seus donos por não saberem dessa possibilidade, até mesmo em caso de mudanças para outro estado ou país.

Fique por dentro dessas dicas e informações que poderão ser muito úteis em breve. Confira.

Viajando de avião com animal de estimação:

Hoje em dia as empresas, cada vez mais, estão percebendo como nossos bichinhos de estimação fazem parte da família e como os clientes, ou seja nós, queremos que eles sejam trados como tal. Viajando de avião com animal de estimação é uma dessas exigências e ele não deve ser trado como carga ou acessório, e sim como um passageiro.

Fique sabendo que está cada dia mais fácil viajar com seu bichinho de avião.

Claro que ainda é algo muito recente e varia bastante de companhia para companhia. Cabe a você decidir qual é a melhor para seu bichinho e para o seu bolso. É importante que você verifique se a companhia aérea permite que o animal viaje dentro da cabine ou no compartimento de carga e quais são as especificações para cada caso.

As principais companhias aéreas brasileiras (Avianca, Azul, Gol e Latam) permitem que você leve o animal com você na cabine em voos nacionais e internacionais, mas as regras são bem diferentes.

As quatro permitem levar animal na cabine (Avianca e Azul não permitem que o animal viaje no compartimento de carga) e restringem um limite de no máximo 3 animais por voo (apenas a Gol permite que esse total seja de 4 animais).

Quais a regras e dicas para viajar com seus bichinhos?

Por existir esse limite, é muito importante que, assim que você tiver as passagens em mãos, solicite junto à companhia a confirmação de que você vai viajar de avião com cachorro.

As companhias pedem entre 3 e 48 horas de antecedências para essa solicitação, mas devido à essa restrição de passageiros peludos por voo, é melhor já garantir.

Você também precisará de documentos para conseguir transportar o seu bichinho, então fique atento a isso com antecedência.

Saiba também: App de busca de passagens aéreas garante descontos de até 35%

Identificar a caixinha e a coleira do seu bichinho com telefones, endereços e informações básicas também deixará a experiência mais segura, até porque nunca se sabe o que pode acontecer e estar precavido é uma excelente ideia.

Seja na cabine ou no porão, seu bichinho vai ficar um bom tempo preso dentro de uma caixinha de transporte. Se ele não está acostumado com isso, seu trabalho começa bem antes do dia da viagem. Faça com que o animal vá se acostumando a entrar na caixinha.

Quando ele já estiver mais habituado, feche a porta por um curto período e vá aumentando com o tempo, sempre atento para ver se o cãozinho está calmo, se ele estiver agitado você estará criando uma reação contrária à necessária.

Dê uma alimentação leve no dia do voo de duas a três horas antes do embarque. Deixe-o bem hidratado, dê água até mesmo minutos antes de vocês entrarem no avião. Dê uma voltinha com ele antes, para que faça xixi, cheire a rua e estique as patinhas.

Quanto menos tempo ele ficar preso, melhor. Por mais que ele esteja calmo e seja uma viagem tranquila, não deixa de ser uma experiência estressante, por ser muito diferente das atividades com a qual seu bichinho está acostumado.

Nos sites das companhias aéreas você encontra as restrições de transporte de animais de estimação. É super fácil o acesso.

Viajando de Avião com Animal de Estimação
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.